O meu portátil avariou: uma história de desgaste e esperança

Nunca pensei que fosse passar por isto. O meu portátil, que me serviu durante tantos anos (penso que mais de 12 anos), avariou.

No início, ainda funcionava com um monitor externo. Pensei que seria apenas o ecrã, mas depois de mexer nos controladores, deixou de dar.

Fui a três locais diferentes para tentar solucionar o problema. No primeiro, pediram-me 170€ para reparar ou o ecrã ou a placa gráfica. No segundo, muito longe, tinham de testar. No terceiro, primeiro tinham o monitor igual, depois já não era o monitor e iriam reparar a placa gráfica.

A verdade é que não tenho dinheiro para comprar um novo portátil. Por isso, decidi arriscar e comprar um usado. Tentei comprar um modelo igual ao que tinha, porque há menos de 1 ano investi na compra de uma bateria nova, mas sem sucesso.

Foi uma semana desgastante. Tive de pedir a terceiros para ficar com a minha mãe para me poder deslocar. Depois, o esgotante processo de reinstalação do Windows e de tudo o mais.

Eu pensava, honestamente, que estava preparada para a eventualidade de algo como isto acontecer. Mas a verdade é que não estava.

No fim, tudo correu bem. Encontrei um portátil que me serve perfeitamente e que tem as mesmas especificações do portátil que possuía.

Mas esta experiência deixou-me uma lição: é importante estar preparada para o imprevisto, seja ele digital ou financeiro.

Por isso, deixo aqui algumas dicas:

  • Façam cópias de segurança regulares dos seus ficheiros, passwords e outros dados.
  • Tenham um plano de contingência para o caso de o seu computador avariar (eu nem conseguia entrar nesta página).
  • Considerem a possibilidade de comprar um portátil usado, se não tiverem dinheiro para um novo.

E assim, depois de uma semana desgastante, finalmente encontrei um portátil que me serve perfeitamente. No próximo post, vou contar-vos onde encontrei o meu novo portátil e por quanto.

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *