O fim do IVA Zero

Como consumidoras/es atentas/os, já sabemos o que nos espera em Janeiro: subida de preços. Mas este ano, à subida de preços habitual, teremos o fim da medida de IVA Zero em diversos produtos.

Pelas entrevistas de economistas que tenho ouvido, devemos esperar, nesses produtos, uma subida nos preços a rondar os 12%. Relembrando os produtos com IVA Zero:

  • Batata em estado natural, fresca ou refrigerada;
  • Massas alimentícias e pastas secas similares, excluindo massas recheadas;
  • Arroz (em película, branqueado, polido, glaciado, estufado, convertido em trincas);
  • Legumes e produtos hortícolas frescos ou refrigerados, secos, desidratados ou congelados, ainda que previamente cozidos:
  • Cebola; Tomate; Couve-flor; Alface; Brócolos; Cenoura; Courgette; Alho-francês; Abóbora; Grelos; Couve-portuguesa; Espinafres; Nabo; Ervilhas;
  • Frutas no estado natural: Maçã; Banana; Laranja; Pera; Melão;
  • Leguminosas em estado seco: Feijão vermelho; Feijão frade; Grão-de-bico;
  • Laticínios: Leite de vaca (em natureza, esterilizado, pasteurizado, ultrapasteurizado, fermentado ou em pó); Iogurtes ou leites fermentados; Queijos;
  • f) Carne e miudezas comestíveis, frescas ou congeladas de: Porco; Frango; Peru; Vaca;
  • g) Peixe fresco (vivo ou morto), refrigerado, congelado, seco, salgado ou em salmoura, com exclusão do peixe fumado ou em conserva: Bacalhau; Sardinha; Pescada; Carapau; Dourada;  Cavala;
  • h) Atum em conserva;
  • i) Ovos de galinha, frescos, secos ou conservados;
  • j) Gorduras e óleos: Azeite; Óleos vegetais diretamente comestíveis e suas misturas (óleos alimentares); Manteiga;
  • k) Bebidas e iogurtes de base vegetal
  • l) Produtos dietéticos destinados à nutrição entérica e produtos sem glúten para doentes celíacos.

Por isso, na medida das vossas possibilidades, apostem nas promoções de produtos com IVA ZERO, para reforçar o vosso stock.

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *