Poupanças e alguns gastos

Custo com electricista: 15€ (10€ de deslocação + gorjeta)

Como se não bastasse tudo a correr tão bem, um dia destes fiquei sem electricidade durante a hora do almoço. Felizmente estava tudo adiantado e só tive de pedir ao vizinho para me aquecer no microondas algo que já nem me lembro o que era.

Sabem o que aconteceu? Estive a cozer uma penca e o vapor excessivo, numa tomada junto ao exaustor fez curto circuito. Fica o alerta.

Felizmente, tenho um eletricista de confiança.

O que realmente me deixou furiosa foi a dificuldade em contactar o serviço de avarias da EDP, devido aos atendimentos automáticos. Imagino o quão absurdo seria para uma pessoa idosa, sem acesso à tecnologia.

Custo com Eletricidade: 367€ (dois meses). Não vale a pena entrar em detalhes, mas isso é o preço de manter um aquecedor elétrico ligado 24h/dia.

Economia dos Tostões

Fiz submissão de 3 pedidos de reembolso: Limiano, Revolugreen e Cuetara.

Recebi um voucher de 5€ da Marktest, para usar no Pingo Doce.

Não gastei: cabeleireira

Adiei e quase decidi ir á cabeleireira, só para me poupar o trabalho. Mas poupei o dinheiro e cortei o cabelo em casa. Já corto o cabelo em casa há cerca de 4 anos. Considerando que não tenho ajuda e não tenho olhos na nuca, até não me tenho saído mal. Mas também, se ficou mal, eu não vejo.

Um facto sobre mim: tenho cabelos brancos desde os 20 e tal anos.

O vizinho voltou a dar abacates e os mais maduros foram logo para a sobremesa: mousse de chocolate: abacate, um pouco de chocolate em pó e um pouco de adoçante (ou açúcar). Basta triturar tudo até ficar sem grumos.

Vou tentar germinar as sementes. Se conseguir, daqui a 10 anos devo ter fruto. 🙂

Só me apetecem coisas doces. Até já faço pão de chocolate: um bocado de chocolate que derreto no micro-ondas, depois é só barrar no pão e levar à torradeira.

Ontem fomos á Feira de Espinho onde, como diz a minha mãe, há de tudo.

Comprei frutas, legumes (com evidente poupança, em relação aos supermercados) e uma esfregona triangular que espero ser a minha salvação para conseguir limpar o bolor de um tecto, a que não consigo chegar (não tenho escadas).

Mas sobre isso e outras coisas pela casa, conto mais tarde.

Preciso organizar o menu de refeições. Estou novamente a colocar-me a pergunta: o que faço para o jantar?

3 thoughts on “Poupanças e alguns gastos”

  1. Daniela Silva

    A nível de eletricidade devias fazer simulações no site da ERSE, o valor que pagas parece me excessivo mesmo com o aquecedor ligado…

    1. Se for um aquecedor a óleo, dois meses, não me parece muito excessivo (mas também depende dos restantes consumos).
      Eu tenho dois meses no ano em que gasto mais eletricidade e precisamente com aquecedores a óleo ligados. No meu caso apenas estão ligados umas 4/6 horas por dia, mas são dois. Facilmente a minha conta dispara para perto dos 200/mensal (também tenho o recuperador de calor a funcionar)

    2. Bom dia a amb@s,
      obrigada pela dica.
      Eu fiz essas simulações e não pouparia, neste momento, tanto quando imaginava.
      Porém, o contador não está no meu nome, por isso não conseguia fazer a mudança.
      Estou com esperança de conseguir isso num futuro próximo.

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *