Destralhar, Poupar e Ganhar Dinheiro com os Usados

A semana começou por uma venda na aplicação VINTED, que rapidamente se tornou a minha preferida para vendas de coisas para as quais já não encontro utilidade.

Não sei se já partilham do mesmo entusiasmo, mas eu sou daquelas pessoas que adora destralhar. Desfazer-me do que já não uso não só liberta espaço físico, mas também cria uma sensação de leveza e organização na minha vida.

A minha preferência pela VINTED, para artigos pequenos, prende-se com a simplicidade do processo de envio e de pagamentos. Nada de preocupações com custos de envio ou com a entrega nos CTT. Por falar nisso, descobri que há pontos de recolha de outras empresas de transportes tão convenientes quanto a lavandaria perto da minha casa. Isso torna todo o processo tão prático e eficiente.

E ir para um posto de CTT tornou-se um absoluto pesadelo. Continuo fã da OLX… mas os correios, nop, nop, nop.

Ao destralhar, não só estou a simplificar a minha vida, mas também a contribuir para a economia circular, dando uma nova oportunidade a objetos que, de outra forma, poderiam ser esquecidos, a que EU tiria de limpar o pó.

É incrível como podemos ganhar dinheiro com coisas que já não têm utilidade para nós, e ao mesmo tempo permitir que outros desfrutem delas. Além disso, a sensação de poupança ao comprar itens usados é indescritível. Já perdi a conta às vezes em que encontrei verdadeiras pechinchas na VINTED e em lojas de usados.

Portanto, se ainda não exploraram o mundo da VINTED, recomendo que o façam. É mais do que uma simples aplicação / página, é uma forma de destralhar, poupar e ganhar dinheiro, tudo ao mesmo tempo. Afinal, não é todos os dias que uma aplicação nos permite transformar a nossa casa num espaço mais leve, a nossa carteira mais recheada e o planeta mais sustentável.

Mas recomendo vivamente que usem mais para encher a carteira, em vez de a esvaziar.

4 thoughts on “Destralhar, Poupar e Ganhar Dinheiro com os Usados”

  1. Por aqui não sou tão organizada e persistente de modo a ser eu a vender os bens que já não uso. Mas habituei-me a levar o que quero vender a uma loja que vende bens usados. É certo que podia ganhar mais pois o valor da venda é dividido por mim e pela vendedora mas desta forma tenho menos preocupações e de modo geral é tudo vendido muito mais rapidamente.

    1. Confesso que não estou muito preocupada com isso (já sabia), mas não foi a única a mencionar esse facto e penso que deveria tê-lo incluído no texto.

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *