Tabela de frescos light

Bom dia!

 

A tabela de frescos está a revelar-se um peso considerável no meu dia de trabalho. Para ficarem com uma ideia, a mais recente tem 671 preços.

Depois de alguma revisão, percebi que estava a pecar por excesso.

Os folhetos não são sinónimo de poupança e estou a perder tempo a publicar o inútil.

Faz algum sentido incluir, numa tabela cujo objectivo é a poupança, fruta a 20€/kg?

A tabela de peixe tem 294 preços. Se colocar como limite 10€/kg, ainda assim tenho 234 preços. Muita oferta e ainda apanho o bacalhau seco.

A tabela de carne, com o mesmo limite, fica com mais de uma centena de preços.

 

Por isso, a partir de hoje, as tabelas vão emagrecer um pouco.

Por favor, não entendam esta redução como uma posição quanto ao consumo. Não é.

Por exemplo, deixo de fora o ananás dos Açores que TEM de ser mais caro, necessariamente que o industrializado abacaxi.

É simplesmente o critério possível, para poder continuar a fazer as tabelas, de forma sustentável.

 

https://descontos.blogs.sapo.pt/4027932.html

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *