Somos Todas Mariana

Hoje, um comentário no blog alertava-me para a existência de um cupão chamado #somostodosmariana (exclusivo app).

 

Eu, que costumo andar a leste do que circula em redes sociais, perguntei quem seria a Mariana. Google e descubro que anda tudo à procura da Mariana, numa série de elaboradas campanhas de Marketing.

 

Assim que comecei a ler, lembrei-me que há alguns meses também circulava uma hashtag por uma Mariana: Mariana Ferrer, uma jovem brasileira que foi violada e que durante o julgamento, foi atacada e humilhada, culminando na absolvição do seu violador (branco e rico).

Argumento para a absolvição: não ter sido provado que a violação foi intencional.

 

E para que não pensem que estou a exagerar, deixo-vos um comentário do Presidente do Supremo Tribunal Federal do Brasil:

As cenas da audiência de Mariana Ferrer são estarrecedoras. O sistema de Justiça deve ser instrumento de acolhimento, jamais de tortura e humilhação. Os órgãos de correição devem apurar a responsabilidade dos agentes envolvidos, inclusive daqueles que se omitiram.

 

E por isso, eu também sou Mariana.

tingey-injury-law-firm-yCdPU73kGSc-unsplash.jpg

 

https://descontos.blogs.sapo.pt/4100781.html

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *