É assim que compro vestuário

IMG_20210817_190344_757.jpg

Nesta fase da minha vida, já compro pouca roupa e a que compro é usada. Mas há coisas que não consigo comprar usado: roupa interior e meias simples.

 

Há meses que ando a tentar substituir os meus (muito remendados) soutiens: simples, cor de pele, sem costuras.

Não consegui… comprei o mais simples que encontrei e ainda tive de cortar a renda num deles. Para o meu tamanho, tive de comprar 2 modelos e 2 cores.

Capturar.JPG

Por isso, comprei 3 e estou servida para muuuuuuitos anos. 

 

Fiz o mesmo com as meias, que era o que estava a precisar mais: comprei 3 packs de 3, todas iguais para não ter de me preocupar em procurar pares.

 

É assim que faço compras de vestuário, procurando simplicidade, poupança e sustentabilidade

 

Infelizmente, só ao escrever este post me lembrei de verificar o local de produção: Bangladesh, um país associado à exploração de trabalhadores/as. Distraí-me com a etiqueta de algodão biológico e sou assim relembrada porque detesto fazer compras de vestuário novo.

 

Ao comprar em quantidade removo qualquer tentação de andar nas compras à procura de mais uma peça de vestuário, porque vou necessitar a curto/médio prazo.

Posso não ter poupado dinheiro nos soutiens, mas certamente que ganhei em eficiência: poupei muito tempo e paciência (que já é pouca).

 

https://descontos.blogs.sapo.pt/4209917.html

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *