Julho sem plástico # 19 – O meu desodorizante

Quando tentei arranjar uma alternativa mais sustentável para o meu desodorizante, passei pelos passos habituais: embalagem alternativa (frasco de vidro) e versões caseiras.

 

Tenho sentido que este é o percurso habitual para cada produto. Testar e escolher o que melhor se adequa ao nosso estilo de vida.

 

Entre avanços, experiências e recuos, fiquei-me pela pedra de alúmem, que é mais prática e rápida de aplicar, não tenho de ser eu a fazer e ainda por cima é incrivelmente económica porque me dura, no mínimo, 1-2 anos.

Das minhas leituras, percebi que há dois tipos de pedras de alúmem, umas são “ammonium alum” (mais baratas) e outras são “potassium alum“. 

Foi-me dito que é perfeitamente possível distingui-las porque as “verdadeiras” são translúcidas e irregulares.

Se alguém desse lado foi entendida/o na matéria, por favor corrija ou acrescente informação.

 

Actualização:

Quem me disse que as “potassium alum” eram melhores que as “ammonium alum”, foi alguém da minha confiança, pelo que nem explorei o tema.

 

https://descontos.blogs.sapo.pt/3628273.html

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *