Julho sem plástico # 16 – Em caso de dúvidas, beber chá dos Açores

IMG_20190716_220531_162.jpg

Eu adoro café, mas apenas se diluído em leite. Já tive máquina de manípulo e de jarro. Fartei-me de gastar dinheiro em filtros e do espaço que ocupavam no balcão da cozinha.

 

E foi assim que passei a comprar café solúvel,  que só compro em frasco de vidro, embora com a tampa plástico.

Sempre que possível, reutilizo o frasco.

 

IMG_20190716_220723_454.jpg

E por falar em frascos reutilizados, estes são alguns dos meus chás. Não são bonitos, mas cumprem a função.

Aliás, considerando que (segundo o que li) os chás devem estar num local escuro e seco, para que diabo precisam de ser bonitos?

 

Há anos que não compro saquetas de chá.  Aliás, descobri que ainda tinha uma caixa de 2015. O chá passa de validade?

 

Em suma:

– se tiverem de comprar uma máquina de café, a opção mais económica e sustentável é uma máquina de manípulo;

– um coador de chá metálico evita que tenham de comprar chá em saquetas  .

 

Não querem saber do lixo? E que tal do vosso bolso?

Uma caixa de saquetas de chá de marca branca, com 15 gr custa €0.36. Ou seja, €24/kg.

Um saco de chá Gorreana, com 250 gr custa €4. Ou seja, €16/kg.

Quem acham que vai vencer o teste do sabor?

 

{Não, isto não é um post patrocinado. Eu pago pelo meu chá preto. Portes e tudo!}

 

https://descontos.blogs.sapo.pt/3624543.html

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *