Vai soar a troca de galhardetes e vão pensar que nos conhecemos, para além de 2 ou 3 meses de blogosfera. A verdade é que não. Mas o post do recém criado e recém destacado blog rirecomerbolachas é uma excelente desculpa para um ponto da situação. Uma reapresentação para as mais de 4000 pessoas que passaram por cá desde meados de Dezembro.

 

Antes de mais, o disclamer. Eu gosto da Troca Tintas. E gosto dela precisamente por causa das coisas que pretende melhorar. Porque não é perfeita e tem coragem de o admitir, porque faz listas e planos e depois não os cumpre, como eu; porque é desorganizada, como eu; porque tem excelentes ideias que nunca chega a concretizar, como eu.

 

Entretanto, a vida passa e fazemos outras coisas. Ela e muitas de nós acabamos por nos esquecer de algo importante nas listas. Actualizá-las com o que fizemos, para que não fiquem apenas com o que não fizemos. Será que o balanço não passaria a ser positivo?

 

Aqui, não encontrarão fórmulas milagrosas nem sábias palavras de uma guru. Mas também não me limito a replicar o que encontrarão noutros blogs porque respeito o que as pessoas fazem. Também não tenho pachorra para embelezamentos.

 

O que replico aqui, porque vi noutro blog, será com devida indicação da fonte. Porque o objectivo sempre foi partilhar, mas sempre com respeito pelo trabalho de outros.

 

Tenho preferências e tenho limitações de tempo. Por esse motivo, é natural que aqui haja um maior destaque do que procuro para mim. Mas aceito contribuições e sugestões.

 

Por vezes, o destaque desta ou daquela promoção poderá ter como motivo apenas o facto de a informação estar disponível on-line e de mais fácil acesso. Ponto. Ninguém me patrocina nem condiciona (se o quiser fazer, comece com um valor alto, se faz favor). 

 

Coloquei uma coluna discreta com anúncios Google na esperança que um dia, efectivamente, consiga tirar daí o suficiente para comprar um mimo. Infelizmente, o meu saldo desde Outubro de 2010 (inclui outro blog) é de €12,00 – só é possível levantar quando tiver € 70. Assim, pelas minhas contas e a este ritmo estonteante, devo conseguir levantar dinheiro daqui a 6 anos. Acho que vou deixar a juntar para um rendimento extra para a reforma – o ministro anda a dizer que vou precisar.

 

Sim, porque além da poupança eu também tento criar novas fontes de rendimento. Um dia destes publicarei um relato detalhado das minhas experiências com as “formas rápidas” de ganhar dinheiro a navegar na internet. Tenham um pouco de paciência. Há meses que estou inscrita e ainda não ganhei um tostão, por isso têm tempo.

 

Aqui ficam umas notas para quem chegou agora e perdeu a apresentação inicial. 

 

https://descontos.blogs.sapo.pt/31388.html

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

0 comentários