DIY – uma prateleira que se partiu e uma cabaninha para a torradeira

Estes projectos DIY foram sendo sucessivamente adiados, porque não tinha serrote. Comprado o serrote, continuei a adiar, mas por preguiça.

Depois aconteceu isto:

Já não podia adiar.

Decidi reutilizar a madeira de uma pequena mesa de apoio que ficou sem casa, depois de transformar o escritório em quarto de dormir.

Usar um serrote, teve uma pequena curva de aprendizagem: um misto de força com ângulo. Mas apesar de alguns erros, lá consegui.

https://descontosoblog.pt/wp-content/uploads/2023/04/VID_20230330_144333.mp4
Ups…

Mesa 1 passa a prateleira de estante

Usei o tampo de pinho (que não estava a ser utilizado) para substituir a prateleira partida. Tive de serrar à medida e depois os cantos da estante. Fiquei com as ferragens do costume. São incrivelmente versáteis e económicas.

Falta pintar a prateleira e comprar um pouco de tecido que funcionará como frente do armário.

Mesa 2 fica mais pequena

Tinha uma segunda mesa, no quarto da minha mãe, a ser usada para tomar o pequeno-almoço e ler o jornal, um costume que se manteve desde as manhãs frias de inverno, com o quarto aconchegante do aquecedor ligado.

Apenas cortei um pouco do comprimento da mesa, para ser mais fácil de movimentar dentro do quarto e recoloquei as pernas.

E finalmente, os restos da madeira que foram o tamanho perfeito para fazer uma prateleira para a torradeira, maximizando o espaço disponível na banca.

Só falta pintar. Mas tenho receio que a parte superior fique toda riscada com o uso, por isso, estou em fase de decisão: pinto/não pinto, pinto branco/preto.

Podem parecer coisas simples e inacabadas, mas na minha vida, resolvem pequenas irritações: a mesa que arranha a parede quando tento mudá-la de sítio ou a constante arrumação de electrodomésticos na bancada, apenas para aquecer pão.

Em suma, é importante lembrar que nem tudo precisa ser perfeito ou estar totalmente concluído para trazer benefícios e melhorias ao nosso dia-a-dia.

A prateleira da torradeira não funcionárá melhor depois de pintada, embora fosse um post mais vistoso. E estante, ficará com mais espaço, depois de ter uma “porta” de tecido, mas ainda assim resolve o problema de servir de apoio à televisão.

Por vezes, é melhor dar início a um projecto ou ideia, mesmo que esteja inacabado, pois esse passo inicial pode ajudar a resolver pequenas dificuldades e trazer mais conforto à nossa vida.

Não tenha medo de começar, pois é no processo que aprendemos, melhoramos e encontramos soluções criativas para os desafios que enfrentamos. O progresso, mesmo que imperfeito, é sempre melhor do que a inércia. Fazer um pouco, é melhor que não fazer nada.

4 thoughts on “DIY – uma prateleira que se partiu e uma cabaninha para a torradeira”

  1. Bom dia Cristina,
    “mais vale feito que perfeito” e esses DIY estão feitos e bem feitos.
    eu não pintaria.. depois vai descascar com o arrastar dos equipamentos e limpezas.

  2. Olá Cristina, também fiz assim uma prateleira igual à tua (da torradeira). A minha foi para colocar por cima de um pequeno móvel com uma tv pequena e por baixo ainda deu para arrumar uns livros (ehehehe). Em vez de pintar comprei papel autocolante (a cor é a imitar a madeira) e ficou muito bom, à primeira vista nem dá para perceber que é autocolante.
    Lucia P.

    1. Bom dia Lucia,
      suspeito que temos o mesmo papel autocolante. Comprei (ao engano porque pensei que era plástico) para forrar a minha mesa da cozinha e tem-se aguentado bastante bem.

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Exit mobile version